"Muitas vezes, há o stress no trabalho, há situações que levam à depressão. São problemas inerentes à sociedade moderna e que podem levar estes profissionais a não prestar um bom serviço", disse Filipe Tavares, número três da lista do movimento na região autónoma da Madeira, após uma reunião com a comandante regional da Política de Segurança Pública (PSP).


"É benéfico que haja já esta consciencialização", disse Filipe Tavares, sublinhando que os políticos "têm de passar a ver as pessoas de outra forma no local de trabalho".


"O estado psíquico dos profissionais contribui muito para a qualidade das funções que eles desempenham", vincou Filipe Tavares.