A ficha da PIDE que está nos arquivos da Torre do Tombo revela um Cavaco Silva integrado no regime, sem actividade política e afastado da segunda mulher do sogro. Tudo aconteceu em 1967, tinha o Presidente da República 28 anos.

A ficha divulgada pela revista «Sábado» e preenchida pela mão do actual presidente da república, serve para confirmar a idoneidade de Cavaco Silva. Quando instado a declarar a sua posição e actividades políticas, o jovem Aníbal escreve que está integrado no actual regime político e que não exerce qualquer actividade política.

Veja aqui a ficha de Cavaco Silva na Pide



Mais à frente Cavaco Silva dá o nome de três e não apenas das duas pessoas que eram requisitadas para o abonarem moral e politicamente. O presidente da junta de Santo Condestável, o capitão António Ferreira da Costa e um fiscal da Carris.

Cavaco Silva assina a ficha da PIDE e no capítulo das observações escreve sobre a situação marital do sogro. Diz o jovem Cavaco que o sogro é casado em segundas núpcias com Maria Mendes Vieira, com quem reside e com quem o declarante, o próprio cavaco silva, não priva.



Este documento está actualmente na torre do tombo e faz parte dos arquivos da polícia internacional e de defesa do estado.
Redação / Rita Ferreira