O CDS-PP instou, esta quarta-feira, o Governo a “rapidamente publicar o diploma” que define quais as cativações propostas para este ano. Os centristas consideram “intolerável” que o executivo as “mantenha em segredo” por causa das eleições.

Numa declaração aos jornalistas, o deputado Pedro Mota Soares afirmou que o CDS-PP quer “que o Governo, muito rapidamente, indique qual é o nível das cativações que vai propor para este ano”.

Já estamos em abril e, até agora, o Governo ainda não fez essa mesma indicação. Saber o nível das cativações é muito importante, porque as cativações afetam muitas matérias, desde os serviços públicos básicos, essenciais para os portugueses, mas também matérias que têm a ver com investimento e que têm a ver com fundos comunitários”.

Para o CDS-PP, “é intolerável que o Governo, num ano de eleições, por causa das eleições, esteja a manter em segredo este nível que cativações”, que terá “um impacto direto sobre a vida dos portugueses”.

“E, por isso mesmo, também instamos o Governo a rapidamente publicar o diploma que define claramente qual é que é o nível das cativações em cada um dos serviços, para podermos perceber efetivamente o que é que vem aí”, vincou, citado pela Lusa.

As cativações são, recorde-se, despesa que estava prevista e orçamentada, mas que não está a ser executada, por um travão imposto pelo Ministério das Finanças.