O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, teve alta hospitalar esta terça-feira, depois da intervenção cirúrgica ao pulmão a que foi submetido na sexta-feira, e agradeceu as “inúmeras manifestações de solidariedade” que recebeu nos últimos dias.

O Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, teve alta hospitalar esta tarde, atenta a evolução muito positiva no pós-operatório da intervenção cirúrgica a que foi sujeito na passada sexta-feira”, informa uma nota do seu gabinete.

Tal como já tinha sido comunicado, o vice-presidente da Assembleia da República eleito pelo PS, Jorge Lacão, continuará a assegurar a substituição do presidente da Assembleia da República até 11 de maio, sexta-feira.

O presidente da Assembleia da República agradece as inúmeras manifestações de solidariedade que lhe foram endereçadas ao longo dos últimos dias. O presidente Eduardo Ferro Rodrigues exprime ainda o seu profundo reconhecimento aos profissionais que prestam um serviço público excecional a todos os utentes do Hospital Pulido Valente – auxiliares, enfermeiros e médicos –, e, muito em particular, ao diretor do Serviço de Cirurgia Torácica, Dr. Francisco Félix e à sua equipa”, refere ainda o texto.

Esta foi a segunda intervenção cirúrgica pulmonar a que Ferro Rodrigues foi sujeito, depois da primeira ter sido realizada em 21 de março, ambas com sucesso, de acordo com o seu gabinete.

Na primeira operação, o presidente da Assembleia da República voltou ao trabalho pouco mais de uma semana depois, em 29 de março.

Na altura em que foi anunciada a primeira intervenção cirúrgica, o gabinete de Ferro Rodrigues – a segunda figura na hierarquia do Estado - admitia já a possibilidade de uma posterior intervenção no outro pulmão, em função da avaliação clínica, o que se veio a concretizar na passada sexta-feira, dia 04 de maio.