A dirigente e deputada do BE Mariana Mortágua anunciou esta segunda-feira que vai processar o presidente do Chega, André Ventura, e uma comentadora espanhola por difamação, devido a uma publicação numa rede social.

“Ventura e Seguí vão responder em tribunal por difamação. Mesmo ridícula, uma calúnia é uma calúnia”, escreveu Mariana Mortágua no Twitter, em resposta a uma publicação de André Ventura na mesma rede social.

André Ventura republica um ‘post’ da espanhola Cristina Seguí, uma comentadora em meios digitais, que esteve ligada ao partido de extrema-direita Voxx, que acusa Mortágua e um antigo ministro da Defesa espanhol, o socialista José Bono, de receberem dinheiro do BES.

A revista portuguesa Visão dedicou um artigo a Cristina Seguí em outubro no qual descreve a espanhola, uma antiga hospedeira de Valência, como “amplificadora de teses conspirativas e ‘fake news’”, que começou a visar figuras portuguesas nos seus comentários diários, designadamente num canal de Youtube.

/ JGR