A presidente do PSD, Manuela Ferreira Leite, anunciou durante o Congresso social-democrata que vai propor que Rui Rio seja o primeiro vice-presidente da Comissão Política e que Luís Marques Guedes seja o secretário-geral do partido.

O presidente da câmara de Cascais, António Capucho, é o primeiro nome da lista da presidente do PSD, Manuela Ferreira Leite, ao Conselho Nacional do partido, seguindo-se Mota Amaral e Alexandre Relvas.

Numa curta intervenção no XXXI Congresso do PSD, que decorre em Guimarães, Manuela Ferreira Leite anunciou ainda que vai propor Morais Sarmento para presidente do Conselho de Jurisdição Nacional e Rui Machete para presidente da Mesa do Congresso do partido.

«Eu pedi a palavra apenas porque desejo comunicar aos senhores congressistas antes de o fazer à comunicação social os nomes da equipa que vou propor», justificou a presidente do PSD, eleita em directas realizadas há três semanas.«Começando pela Mesa do Congresso, vou propor para presidente o dr. Rui Machete e para vice-presidentes Berta Cabral e Miguel de Sousa», adiantou.

Berta Cabral ocupa já uma das vice-presidências da Mesa do Congresso do PSD, que é presidida actualmente por Ângelo Correia. «Para o Conselho Nacional indicar-vos-ei os seis primeiros nomes: António Capucho, Mota Amaral, Alexandre Relvas, Bernardino Vasconcelos, Joaquim Biancard e Carlos Pinto», acrescentou Manuela Ferreira Leite.

Joaquim Biancard Cruz foi o mandatário para a juventude da candidatura de Ferreira Leite à liderança do PSD. «No Conselho de Jurisdição Nacional proporei para presidente do dr. Nuno Morais Sarmento», prosseguiu. «Para presidir à Comissão de Relações Internacionais proponho o dr. José Luís Arnaut. São estas as propostas que vos farei», concluiu a presidente do PSD.
Redação