O Bloco de Esquerda (BE) voltou a insistir na proibição das corridas de galgos em Portugal. O partido entregou, esta quinta-feira, na Assembleia da República, um novo projeto de lei para proibir as corridas de cães no país.

De acordo com o BE, “as corridas de cães contrariam a legislação e as políticas de proteção do bem-estar animal”, porque “são provas que acarretam treinos violentos, dopagem, maus-tratos generalizados e um elevado número de abandono de animais”, tal como divulgado pela investigação da TVI em outubro de 2019.

O assunto já foi debatido na Assembleia da República, no final da anterior legislatura. Os diplomas do Bloco de Esquerda e do PAN foram rejeitados com votos contra do PS, PSD e CDS-PP.

Este novo projeto de lei pretende contribuir para a “mitigação dos maus-tratos a animais” e para “a redução do número de apostas ilegais, uma prática comum nas corridas de cães em Portugal”.

Os bloquistas referem a polémica com o cavaleiro tauromáquico João Moura para associar esta prática a maus-tratos:

O caso mais recente de maus-tratos a animais, relacionado com corridas de cães, foi conhecido em fevereiro de 2020 quando foram encontrados 18 galgos, pertencentes ao cavaleiro tauromáquico João Moura, num estado de extrema subnutrição e desidratação que chocou o país”.

O partido refere ainda que as corridas de galgos acontecem de forma organizada em países como a Austrália, Irlanda, Macau, México, Estado Espanhol, Reino Unido e Estados Unidos da América, onde existem pistas profissionais e sistemas de apostas semelhantes aos das corridas de cavalos”. Em Portugal, “existem também corridas de galgos, mas em registo amador” e que "pelo menos seis concelhos do país possuem pistas para corridas de galgos, integradas num campeonato nacional".

Entre estes concelhos estão a Póvoa de Varzim (pista de Estela), Vila Nova de Famalicão (piste de Nine), Vila do Conde (pista do Mindelo), Bombarral (pista da Associação Galgueira do Centro), Alenquer (pista da Romeira) e Cuba do Alentejo (pista da Associação Galgueira de Cuba). Mais de duas dezenas de galgueiros, situados de norte a sul do país, estão registados em listas de apostadores internacionais.  

Projeto de Lei - Corridas de cães by TVI24 on Scribd

Rafaela Laja