Portugal vai fazer “alguns avanços” no Certificado Digital de vacinação contra a covid-19 na segunda quinzena de junho, disse esta segunda-feira a ministra da Saúde numa visita à Batalha, no distrito de Leiria.

Marta Temido explicou que têm estado a ser feitos testes através dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, concretamente sobre “as regras por trás do certificado” e “da implementação”, processos que devem terminar nos próximos dias.

Contamos ter os testes concluídos por esta semana e estar em condições de fazer alguns avanços, independentemente do que seja a entrada em vigor no dia 01 de julho [nos Estados-membros da União Europeia], já na segunda quinzena de junho”, disse, no final de uma visita à Unidade de Cuidados Intensivos da Irmandade Santa Casa da Misericórdia da Batalha.

O Certificado Digital permitirá “uma forma de todos termos, com maior segurança, maior facilidade e confiança, algum regresso à normalidade”.

. / HCL