O Conselho de Ministros que vai tomar medidas no âmbito do estado de emergência decretado devido à pandemia começou um pouco antes 19:00 deste, sob a presidência no número dois do Governo, o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira.

A reunião iniciou-se sem a presença do primeiro-ministro, António Costa, que se encontrava, na qualidade de secretário-geral do PS, num encontro da Comissão Nacional do partido destinada a debater as eleições presidenciais de janeiro.

O líder do executivo chegou já depois das 19:00 ao Palácio da Ajuda, em Lisboa, onde se realiza o Conselho de Ministros, assumindo a presidência dos trabalhos.

O estado de emergência, decretado pelo Presidente da República e aprovado pelo parlamento para permitir medidas de contenção dos contágios com o novo coronavírus, vai vigorar a partir de segunda-feira até ao próximo dia 23, podendo ser prorrogado por períodos de 15 dias.

/ AG