«O senhor primeiro-ministro orgulha-se dos cortes na despesa. De quais é que se orgulha? (…) Nós temos pessoas a morrer nas urgências sem assistência. Andaram a cortar dizendo que não cortavam nas vidas e o resultado está à vista».


«Seja a senhora séria, se faz favor. Não faça demagogia barata com assuntos sérios. Não faça, que lhe fica mal. O Governo colocou mais dinheiro, mais médicos e mais meios na Saúde do que qualquer outro».




«Senhora presidente, eu julgo que pedir ao senhor primeiro-ministro, como fez a deputada Mariana Mortágua, que seja sério nas suas afirmações, é algo que só prestigia a Assembleia da República, não tem nenhum problema».




admitindo que «a austeridade está a ganhar menos relevância»

sentir «em dificuldades» com as mudançasnão aceita uma conferência europeia para debater a reestruturação da dívida