A segunda fase do plano de desconfinamento vai avançar na segunda-feira no país todo, mas há concelhos que António Costa avisou que têm de ter "cautelas especiais", porque estão acima dos 120 casos por 100 mil habitantes definidos pelo Governo como limite.

Esses concelhos serão reavaliados daqui a 15 dias e poderão não avançar no desconfinamento.

“Se, em duas avaliações sucessivas, os mesmos concelhos estiverem acima do limiar de risco, nesses concelhos não devem avançar as medidas de desconfinamento”.

Para estes 19 concelhos - ou qualquer um que, no futuro, ultrapasse os critérios definidos pelo Governo - Costa pediu um "esforço acrescido" ao nível local para travar os contágios. 

"Uma vez sinalizado um concelho acima deste nível de risco, terá de haver um esforço acrescido das autoridades de saúde e dos autarcas para a identificação e o isolamento das cadeias contágio para conter esse risco."

Os 19 concelhos são:

Entre 120 e 240 casos

Alandroal

Albufeira

Beja

Borba

Cinfães

Figueira da Foz

Figueiró dos Vinhos

Lagoa

Marinha Grande

Penela

Soure

Vila do Bispo

Vimioso

Mais de 240 casos

Carregal do Sal

Moura

Odemira

Portimão

Ribeira de Pena

Rio Maior

Catarina Pereira