Título não é elogio ao primeiro-ministro