«A confirmarem-se estas intenções e estas consequências, isto é muito grave. Desejo firmemente que os cidadãos gregos se livrem da troika, que cumpram o seu memorando e que possam conhecer, tal como Portugal e a Irlanda, uma saída rápida de uma situação de grave dificuldade, mas não à custa do dano que causa a outros»





«Tal é uma irresponsabilidade, uma chantagem, e não será à custa dos juros da dívida pagos por Portugal que a Grécia conseguirá o apoio dos restantes países»


bluff