O PCP abre quarta-feira o debate quinzenal com o primeiro-ministro, José Sócrates, no Parlamento, numa intervenção centrada nas políticas económicas e sociais.

Do que conta a Lusa, a situação económica e social foi também o tema escolhido pelo Bloco de Esquerda, à semelhança do CDS, que pretende questionar José Sócrates sobre questões económicas, financeiras e de soberania.

Já o PS escolheu o plano tecnológico como tema para o debate quinzenal de quarta-feira.

PSD e Partido Ecologista «Os Verdes» ainda não anunciaram os temas que pretendem abordar no debate. Devido ao Carnaval, os partidos podem entregar as propostas na mesa da Assembleia da República até às 10h00 de quarta-feira.

Seguindo o modelo do regimento da Assembleia da República aprovado na anterior sessão legislativa, um dos dois debates quinzenais de cada mês é aberto pelo primeiro-ministro, enquanto o outro começa com perguntas de um grupo parlamentar, do maior para o mais pequeno.

No último debate quinzenal, a 11 de Fevereiro, o Governo escolheu o tema genérico da economia, mas o debate ficou marcado por uma troca violenta de acusações entre o primeiro-ministro e o líder parlamentar social-democrata, Paulo Rangel, com José Sócrates a acusar o PSD de desenvolver uma campanha contra si.