O presidente do PPM, Paulo Estêvão, congratulou-se com a sua reeleição para o Parlamento Regional pela ilha do Corvo, a mais pequena dos Açores, destacando «a confiança» dos corvinos no trabalho na última legislatura, mas também «o apoio político» do PSD.

O PPM apresentava lista própria apenas no Corvo, com o apoio do PSD, concorrendo nos restantes círculos eleitorais integrado na Plataforma de Cidadania, que formou com o Partido da Nova Democracia (PND).

Paulo Estêvão agradeceu aos corvinos «a confiança», mas também aos «militantes do PSD» que apoiaram a candidatura do PPM.

«Esta reeleição também se deve ao apoio político do PSD», frisou, assegurando que vai começar a trabalhar «já amanhã» e que «o combate politico também começa já amanhã».

Com apenas 86 votos, que correspondedem a cerca de 31 por cento dos votos, Paulo Estêvão conseguiu o objetivo a que se propunha, considerando que o eleitorado reconheceu o seu trabalho parlamentar, escreve a Lusa.