“As pessoas com deficiência visual quando exercem o seu direito de voto não o podem fazer de forma autónoma. Cada vez que se dirige a uma mesa de voto para votar têm que o fazer acompanhada. Isto é uma limitação ao pleno exercício dos seus direitos”, disse aos jornalistas Ana Sofia Antunes, sublinhando que “não é difícil dar a volta à questão”.














Redação