Aquela que é provavelmente a grande questão dos portugueses em relação ao Natal vai ser respondida já amanhã: o primeiro-ministro, António Costa, vai anunciar as medidas no âmbito da pandemia de covid-19, este sábado às 15:00.

Costa já tinha adiantado, nos últimos dias, que este Natal vai realizar-se "com as melhores condições possíveis", mas avisou desde já que "a passagem do ano vai ter todas as restrições".

Poderá acompanhar o anúncio das medidas do Governo ao minuto, aqui.

O Parlamento aprovou, esta sexta-feira, a renovação do estado de emergência até 23 de dezembro, mas já com perspetiva de prorrogação até 07 de janeiro, de acordo com o decreto presidencial publicado na quinta-feira à noite e enviado ao Parlamento.

O Presidente da República tinha proposto, esta quinta-feira, ao Parlamento, uma renovação do estado de emergência por mais 15 dias. Contudo, o decreto presidencial visava alguma estabilidade e pretendia permitir já ao Governo o anúncio de medidas para as quadras festivas do Natal e Ano Novo. Por isso, previa já uma prorrogação até 7 de janeiro.

Em Portugal, morreram 4.724 pessoas dos 307.618 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Rafaela Laja