O primeiro-ministro, António Costa, manifestou esta terça-feira a solidariedade portuguesa para com o povo britânico, na sequência do ataque de segunda-feira à noite em Manchester, que provocou pelo menos 22 mortos.

Deixo aqui um voto de pesar e a nossa solidariedade com o povo britânico, em particular com as vítimas e familiares do ataque em #Manchester", escreveu António Costa na sua conta do Twitter, numa mensagem repetida em inglês minutos depois.

 

A polícia britânica atualizou esta terça-feira para 22 o número de mortes da explosão na Arena de Manchester, após um concerto de Ariana Grande, e o comandante da polícia de Manchester, no Reino Unido, acrescentou que 59 feridos estão a ser tratados em oito hospitais da região.

Num balanço sobre a investigação feito esta terça-feira de manhã, Ian Hopkins adiantou que a polícia acredita que o responsável pela explosão foi um homem que transportava um engenho explosivo de fabrico artesanal.

A polícia acredita que o autor do ataque terá morrido na explosão, tratando-se possivelmente de um ataque suicida.