Três dias de luto nacional e funeral com honras de Estado para Mário Soares, que faleceu este sábado, 7 de dezembro, aos 92 anos. Quem quiser despedir-se do antigo Presidente da República, considerado o pai da democracia portuguesa, poderá fazê-lo pelas ruas de Lisboa a partir de segunda-feira, dia em que acontecerá o velório, e na terça-feira, às 17:00, o funeral.

A sua derradeira viagem passará por vários locais marcantes na sua vida e na história de Portugal. Falta apenas saber as horas destes pontos de paragem.

AO MINUTO: Todas as reações à morte de Mário Soares

O protocolo de Estado foi decidido entre o Governo, o antigo assessor de Mário Soares, elementos da Assembleia da República, da Câmara Municipal de Lisboa, da GNR e da PSP.

Domingo

Casa

Do Hospital da Cruz Vermelha, o corpo do antigo Presidente da República vai para a sua casa, no Campo Grande.

Não há qualquer cerimónia agendada para domingo, mas haverá algumas instituições que terão livres condolências, nomeadamente o Partido Socialista, segundo o antigo assessor de Soares, José Manuel Santos. Quanto à Fundação Mário Soares, "é preciso confirmar: mas sei que há desejo de livro de condolências".

Segunda-feira

De casa, sairá num carro fúnebre, fazendo algumas paragens pontuais: 

Avenida da República até ao Saldanha

 

Av. Fontes Pereira de Melo até ao Marquês de Pombal

Avenida da Liberdade até ao Rossio

Rua do Ouro até à Câmara de Lisboa

Passará e fará paragem na Câmara em armão com escolta a cavalo da GNR. Lentamente vai seguir pela Praça do Comércio, Ribeira das Naus, Cais do Sodré e Av. 24 de Julho até ao Mosteiro dos Jerónimos 

13:00 - Mosteiro dos Jerónimos

O corpo de Mário Soares ficará em câmara ardente no antigo refeitório do edifício, aberto ao público entre as 13:00 e as 24:00.

Terça-feira

No dia do funeral, os restos mortais vão passar para os claustros do Mosteiro dos Jerónimos, onde a câmara ardente continuará aberta ao público, entre as 08:00 e as 11:00. Às 13:00, haverá uma sessão de homenagem evocativa igualmente no claustro dos Jerónimos.

Palácio de Belém

Daí segue pela Avenida da Índia, pela Avenida D. Carlos I

Assembleia da República

Fundação Mário Soares

Sede do PS, no Largo do Rato

Daí continua pela Avenida Álvares Cabral até à Estrela. Depois, Rua Saraiva de Carvalho. E, por fim: 

Cemitério dos Prazeres, a última morada

A concentração de pessoas no cemitério dos Prazeres está agendada para as 15:30, mas o funeral será um pouco mais tarde, pelas 17:00.

Na cerimónia vai cantar o coro do Teatro de S. Carlos e haverá discursos da família, do Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, e do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. 

Percurso total