Mário Soares continua em estado "muito crítico", mas terá sido uma "pequena hemorragia" a causa do agravamento do estado de saúde do antigo Presidente.

O novo dado foi revelado Eduardo Barroso, sobrinho do ex-Chefe de Estado.

Corrigida uma anemia porque tinha uma hemorragia, que foi o que provocou isto, está tudo a funcionar muito bem", disse Eduardo Barroso este domingo à tarde, à saída do Hospital da Cruz Vermelha.

Apesar do otimismo das palavras em relação à saúde Mário Soares, o sobrinho explicou que o "tio já não é o tio Mário há muitos meses" porque o que importa é a cabeça e falta "interação cognitiva".

O antigo Presidente da República Mário Soares não registou grande evolução no seu estado clínico tendo-se verificado "uma regressão muito significativa do estado de consciência", disse o porta-voz do Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, onde está internado.  

"O estado de saúde do Presidente Mário Soares continua a ser muito crítico. O Presidente Mário Soares não registou grande evolução desde ontem relativamente ao seu estado clínico, mantendo-se sem necessidade de suporte técnico às funções vitais. "Verifica-se uma regressão de consciência muito significativa e preocupante que coloca fortes reservas em relação ao prognóstico futuro", é dito no boletim clínico do Hospital da Cruz Vermelha, emitido às 13:00 deste domingo.

Nova atualização sobre o estado de saúde de Mário Soares será feita esta segunda-feira, pelas 13:00. 

O antigo Presidente, Mário Soares, de 92 anos, está internado há quase duas semanas no Hospital da Cruz Vermelha. Depois de ter saído da unidade de Cuidados Intensivos na quinta-feira, o estado de saúde sofreu um revés no sábado.Segundo José Barata, que falava aos jornalistas às 13:00, esta regressão é "muito preocupante" e "coloca fortes reservas em relação ao prognóstico futuro" do estado de saúde do antigo presidente, de 92 anos, que continua a ser crítico.

Embora Mário Soares se mantenha sem necessidade de suporte técnico às funções vitais, não reage a alguns estímulos externos, adiantou a mesma fonte.

O antigo presidente está internado da Unidade de Cuidados Intensivos e não recebe visitas, mas no sábado foram várias as figuras de Estado que se deslocaram ao hospital para se inteirarem do estado de saúde de Mário Soares, incluindo o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, e o primeiro-ministro, António Costa.