Veja a entrevista na íntegra​

"Foi fácil transformar um autarca modelo num autarca corrupto. [...] Fui condenado sem prova nenhuma. O acórdão diz que não há nenhuma prova contra o arguido. [...] Não imagina o sorriso da juíza quando eu disse que estava arrependido."




"A minha falha ética foi não ter declarado ao Tribunal Constitucional a minha conta na Suíça. Disse que estava arrependido de não ter declarado essa conta."


"Eu fui o primeiro português a quem um Presidente do Supremo disse que já devia estar preso. Imagine a pressão que as declarações de um Presidente do Supremo tem nos tribunais: se ele disse, tem que ser preso. Vendeu-se uma verdade que era mentira."


Marques Mendes, "um facilitador de negócios" 


Eu não lhe tenho ódio. Tento sempre desculpar as pessoas, justificar o comportamento das pessoas. Ele é apenas uma nota de pé de página neste livro. É um facilitador de negócios.


A vida na prisão e as caminhadas com Vale e Azevedo


"Eu fazia marchas no pátio para emagrecer e Vale e Azevedo fazia um esforço para me acompanhar."