"Uma vez demitido o Governo PSD/CDS, vão descobrir-se todas as artimanhas e falsidades da propaganda do anterior Governo, que já tinha falhado todas as metas que tinha fixado, quer para o crescimento económico, quer para o défice orçamental, em todos os anos", afirmou João Oliveira, nos passos perdidos do parlamento.


o défice

"Ao fim de 11 meses de execução orçamental, vir querer imputar alguma responsabilidade por aquilo que aconteceu nos dois meses depois das eleições, é perfeitamente absurdo."