"Portugal tem, desde o primeiro momento, manifestado a sua disponibilidade para fazer parte da solução e tem vincadamente assumido essa posição", concluiu.