O Presidente da República defendeu hoje que houve falhas em diferentes níveis na reação à pandemia de covid-19 que devem servir de lição para um reforço do multilateralismo e da capacidade de ação.

É preciso retirar consequências, lições, quer dizer: mais respeito pelos outros, mais multilateralismo, mais compreensão, solidariedade, mais liberdade de expressão e liberdade religiosa, mas ao mesmo tempo capacidade de ação, dos governos, das organizações internacionais, de entidades públicas e privadas", defendeu.

O chefe de Estado acrescentou que "é preciso outro mundo, um mundo de paz".

Essa paz é feita de mulheres e de homens, solidários, unidos, para além das divergências e das diferenças. Nós somos uma só humanidade", concluiu Marcelo Rebelo de Sousa, nesta mensagem em vídeo de um minuto e meio, gravada a partir do Palácio de Belém, em Lisboa.

O Fórum da Paz de Paris, lançado pelo Presidente francês, Emmanuel Macron, tem reunido anualmente chefes de Estado e de Governo e representantes de organizações internacionais e da sociedade civil. Esta é a sua terceira edição, com um formato virtual, devido à pandemia de covid-19.

Marcelo Rebelo de Sousa esteve presente na primeira edição, em 2018, em Paris, que coincidiu com as comemorações do centenário do armistício da I Guerra Mundial.

/ DA