O Presidente da República disse que vê "com agrado" os acordos estabelecidos entre o Governo e o PSD sobre os fundos estruturais e a descentralização. Numa nota divulgada no site da Presidência, Marcelo Rebelo de Sousa sublinha que espera que esses consensos possam ser alargados a outros partidos e parceiros sociais. 

É por isso com agrado que o Presidente da República vê os acordos hoje anunciados entre o Governo e o Partido Social Democrata sobre fundos estruturais e sobre descentralização, esperando que os consensos possam ser alargados a outros partidos e parceiros sociais, a bem dos Portugueses, e independentemente das dinâmicas de governação e oposição."

O chefe de Estado lembrou que, desde que tomou posse, tem insistido na exigência de consensos alargados entre os vários partidos, "em domínios vitais da vida coletiva". 

"Desde o seu discurso na Tomada de Posse perante a Assembleia da Repúblico, a 9 de março de 2016, que o Chefe de Estado tem insistido amiúde na exigência nacional de consensos alargados entre as várias forças políticas, em domínios vitais da vida coletiva, e onde o que as aproxima é mais importante do que o que as separa", refere Marcelo na mesma nota.