O parlamento deu autorização ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para se deslocar a Roma e a Madrid, entre esta quinta-feira e sábado, para audiências com o papa Francisco e o Rei de Espanha.

A resolução com o pedido de assentimento à deslocação do Presidente ao estrangeiro, previsto na Constituição, foi aprovada por unanimidade. 

Tal como em 2016, o Presidente da República desloca-se esta sexta feira, 12 de março, à Santa Sé, que teve um papel essencial no reconhecimento da independência de Portugal, onde será recebido por Sua Santidade o Papa Francisco, dias depois da sua histórica visita ao Iraque”, lê-se numa informação publicada na terça-feira na página oficial na Internet do Palácio de Belém.

Ainda segundo a breve nota, Marcelo “cumpre também a tradição" e visita, no mesmo dia, a "vizinha e amiga Espanha, onde se encontrará com Sua Majestade o Rei Felipe VI”.

Há cinco anos, longe do contexto de pandemia de covid-19, Marcelo Rebelo de Sousa visitou igualmente o Vaticano e Madrid, mas numa tirada de três dias.

/ CE