Um grupo de jovens sociais-democratas resolveu criar um blog de apoio à candidatura de Marcelo Rebelo de Sousa à liderança do PSD. Em declarações ao tvi24.pt, João Lemos Esteves, um dos fundadores, explica que o movimento «Jovens com Marcelo» surgiu «espontaneamente». «Não criamos o blog a mando de ninguém. Decidimos unilateralmente», garante, afirmando que nem informaram o professor sobre o blog. «Ele é que teve conhecimento depois».

O jovem recusa ainda as críticas e insinuações que têm surgido de que este apoio seria concertado com Marcelo. «O movimento não faz parte de uma estratégia maquiavélica do professor», garante.

O próprio Marcelo Rebelo de Sousa esclarece esta questão num post publicado esta quarta-feira no blogue. «Embora tenha sido lançado sem a minha anuência, deixo aqui algumas palavras amigas no vosso blog», começa por dizer. «Quando se é jovem, é-se assim: irreverente o suficiente para criar blog de apoio mesmo sem autorização expressa do visado. Acredita-se numa coisa e quer-se forçar que ela aconteça», disse ainda.

João Lemos Esteves frisa ainda que, apesar de os oito fundadores serem membros da Juventude Social Democrata, não há uma «ligação» nem uma «simbiose» entre o movimento e a direcção nacional da JSD.

«Não basta ter 40 anos no BI para garantir renovação»

O jovem estudante de direito, que foi aluno de Marcelo Rebelo de Sousa, explica que o movimento surgiu porque apesar de reconhecerem o mérito a Manuela Ferreira Leite, «de ter devolvido alguma credibilidade ao partido», consideram que «é altura de mudar».

O facto de Pedro Passos Coelho ter mostrado que seria candidato também ajudou à formação deste movimento. «Há uma candidatura que está a preparar a máquina há muito tempo», afirmou. «Por isso, juntamos um grupo que considera que Passos Coelho não é a solução. Não basta ter 40 anos no Bilhete de Identidade para garantir renovação ao partido», disse ainda João Lemos Esteves, destacando que Marcelo Rebelo de Sousa «é a única solução para unir o PSD e acabar com a manta de retalhos. «Tem a experiência, a inteligência, a sensibilidade para ouvir o país e o partido e a juventude anímica».

Passos Coelho diz que Ferreira Leite não tem condições para liderar

O professor ainda não revelou se será ou não candidato, mas isso não preocupa o movimento, que, segundo o jovem fundador, quer auxiliar Marcelo «no direito à reflexão». Ainda assim, não parece ter muitas dúvidas de que essa candidatura é só uma questão de tempo. «Conhecendo o seu sentido patriótico, o seu sentido de responsabilidade e de Estado».

Ideia surgiu antes, mas a concretização só avançou após as autárquicas

O primeiro post no blog foi colocado apenas dois dias após as eleições autárquicas e não se tratou de uma coincidência. «Todos nós participamos nas campanhas para as legislativas e para as autárquicas apoiando a dra Ferreira Leite tal como Marcelo Rebelo de Sousa», explicou João Lemos Esteves, garantindo que, «apesar de já haver uma ideia para este movimento, só foi posta em prática depois das eleições». «Antes não era o momento indicado», afirmou, não deixando de criticar Pedro Passos Coelho por não ter feito o mesmo.

O jovem explica que o movimento tem recebido muitos apoios. Em cerca de uma semana, o número de colaboradores passou de oito para 15 «e têm chegado muitos e-mails de apoio».