A líder do PSD, Manuela Ferreira Leite, tem-se afirmado repetidamente contra a regionalização, considerando que ela seria prejudicial para o País.





«um factor de modernização do País e de aprofundamento do regime democrático, da responsabilização da classe política e de aproximação dos eleitores daqueles que são os seus representantes».