O primeiro-ministro José Sócrates, um dos 35.000 participantes na 19ª Mini Maratona de Lisboa, admitiu este domingo que ao correr na prova perdeu «algumas calorias como num debate mensal» na Assembleia da República, refere a Lusa.

Depois de concluir os 7.200 metros da prova aberta, José Sócrates referiu que a participação na mini maratona é um excelente «remédio para aliviar o stress da política», mas ressalvou «que não é apenas isso», acrescentando que correr na competição «é uma belíssima forma de começar o dia».

José Sócrates, presença habitual na corrida que leva os concorrentes a atravessar a Ponte 25 de Abril, admitiu que não está «em grande forma» e afirmou que não realizou qualquer preparação para a mini maratona, embora tenha observado que «para correr sete quilómetros não é preciso grande treino».

«Nem sempre treino aquilo que gostaria e que deveria. Mas, há 15 dias, tive quatro dias em que consegui correr. A semana passada só consegui correr em Cabo Verde», declarou o primeiro-ministro, indiferente ao tempo que registou: «Julgo que 50 e tal minutos!».
Redação / AV