O presidente da Câmara da Figueira da Foz lamentou o “balanço trágico” do naufrágio de uma embarcação de pesca desportiva que resultou, na manhã deste sábado, em quatro mortos e um ferido grave.

O balanço é trágico, são quatro vidas que se perderam e uma pessoa num estado considerado grave a receber assistência no hospital”, lamentou Pedro Santana Lopes em declarações aos jornalistas.

O incidente aconteceu às 06:54 na praia do Hospital, freguesia de São Pedro, na Figueira da Foz. A visibilidade por esta hora era bastante reduzida, uma vez que se verificava um nevoeiro muito intenso e o mar também estava muito agitado. Factores que podem ter contribuído para este trágico acidente.

Apesar do tempo agora estar bom, havia nevoeiro e era uma embarcação não muito sólida", explicou o autarca, dizendo ainda que as vítimas não pertencem ao concelho. 

No local estiveram 34 operacionais e 14 viaturas dos bombeiros, INEM e Polícia Marítima e ainda um helicóptero da Força Aérea.

Os meios responderam com rapidez, mas nada havia a fazer."

 

Temos que ter sempre meios capazes de acorrer prontamente e, nomeadamente, um helicóptero que seja rápido ou uma lancha de intervenção", acrescentou.