Constança Cunha e Sá criticou esta noite o acordo de concertação social por «passar ao largo» das questões fundamentais para a sociedade portuguesa.

«Fora deste acordo ficou de facto o grande problema com que se encara a sociedade portuguesa, que é, como fazer crescer a economia e como combater o desemprego. Estas são as duas questões fundamentais da economia, que o ministro passou ao largo», disse.
Redação / CLC