No seu comentário desta terça-feira na TVI24 Constança Cunha e Sá defendeu que dificilmente Portugal voltará a poder recorrer aos mercados para se financiar no próximo ano.

«Com excepção do Governo português, não há ninguém que acredite que Portugal está em condições de voltar aos mercados em 2013», salientou.

«Tendo em conta as trapalhadas que rodearam o orçamento de 2012, e que não auguram nada de bom, tudo se encaminha para um desastre», apontou ainda.
Redação