Francisco Assis acredita que a redução de deputados, proposta por António José Seguro, «não é uma prioridade para o país».

«Não é um tema central e nem deve ser transformado num tema central do debate político em Portugal. As questões fundamentais são de natureza económica e social», afirmou.

Para João Semedo, o PS «pagou o preço de ter cedido ao populismo» com a questão dos carros.
Redação / CP