“Ainda bem que não não pediram apoio, quem perdeu eleições e recusou apoio a quem ganhou, não tem autoridade política para destes reclamar apoio no futuro."




“No dia em que o nosso apoio possa ser decisivo para alcançar algum resultado essencial que a maioria que suporta o governo não for capaz de garantir, apenas esperamos que daí possam retirar a consequência natural que é devolver a palavra ao povo e ele possa decidir o novo Governo de Portugal” 



“Tenho dificuldade de perceber em que categoria esses partidos se incluem, estrutural? Se sim, com que consequências? Qual a visão prevalecente? Socialista ou de radicais de esquerda? Ou ainda um misto como aconteceu na Grécia, com o Syriza? A alternativa é supor que a questão europeia não se insere no núcleo essencial o que não sei se isso melhora a perspetiva”


novos BFF’s (Best Friend Forever) de António Costa

“Austeridade é sempre o que é, mal necessário quando a extensão e políticos que antecedem não têm responsabilidade suficiente para evitar os comportamentos que lhe dão origem. Quando falam agora da remoção da austeridade, não estamos a falar de algo estrutural, mas apenas da oportunidade de normalizar uma situação excecionalidade do período de emergência financeira”