«O PS vai inquirir o secretário de Estados dos Assuntos Fiscais. O que sabemos é que o Governo, sempre que há um problema culpa os serviços», reagiu o membro do Secretariado Nacional do PS, antes de se referir à forma como se desenvolveu a questão sobre a alegada existência de uma lista de contribuintes VIP.












«É preciso saber como foi criada esta lista VIP de contribuintes - e há notícias que indicam que terá sido criada por iniciativa do Governo, por intermédio do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais [Paulo Núncio], que terá ele próprio dado orientações à Autoridade Tributária e Aduaneira para criar essa lista. Se isso se confirmar, extamos perante uma situação de extrema gravidade, porque é intolerável que o Governo atue desta forma», avisou o deputado do PCP.




Numa conferência de imprensa no parlamento, Pedro Filipe Soares considerou ser inaceitável «que na sociedade exista uma perceção de que uns são filhos e outros enteados» e que há cidadãos que são discricionariamente «vasculhados pela máquina do Estado».




Redação