o primeiro-ministro, que se tem «desdobrado em declarações praticamente em tom de ameaça no sentido de dizer ou lhe dão uma maioria absoluta ou é o caos»