«Porque é que se corta o abono de família a quem tem um rendimento ‘per capita’ de 628 euros? Num quadro de dificuldades, de empobrecimento é esta a faixa etária [crianças] que mais riscos corre», disse o líder comunista.