O deputado do BE Pedro Soares, coordenador autárquico do partido e eleito por Braga, vai ser o presidente da comissão parlamentar de Agricultura, a primeira a ser liderada pelo Bloco de Esquerda, disse fonte do partido, citada pela Lusa.

A instalação das comissões parlamentares está prevista para a próxima quinta-feira, devendo a sua composição ser aprovada em plenário da Assembleia da República na quarta-feira.

Até agora, além do BE, o PSD, que tem direito à presidência de cinco das treze comissões parlamentares, foi o único partido a indicar oficialmente os nomes escolhidos para estes cargos.

Os sociais-democratas escolheram o ex-ministro José Luís Arnaut para presidir à Comissão de Defesa, o vice-presidente do partido Paulo Mota Pinto para a de Orçamento e o secretário-geral do PSD, Marques Guedes, para a de Ética, tendo ainda indicado o secretário-geral adjunto do partido José de Matos Correia para presidir à Comissão de Obras Públicas e o antigo ministro dos Assuntos Parlamentares e da Educação Couto dos Santos para presidente da Comissão de Saúde.

A bancada do PS reúne-se hoje para escolher os nomes dos seus seis presidentes de comissões, sendo prováveis a continuidade de Osvaldo Castro na de Assuntos Constitucionais e a transferência de António Seguro para os Assuntos Económicos.

Além dos nomes para as comissões de Assuntos Constitucionais e de Assuntos Económicos, os socialistas têm direito a designar presidentes para mais comissões parlamentares: Educação e Ciência; Assuntos Europeus; Trabalho, Segurança Social e Administração; e Ambiente, Ordenamento do Território e Poder Local.

Falta ainda o CDS-PP indicar quem irá presidir à Comissão de Negócios Estrangeiros, a única a que o partido tem direito nesta legislatura em função dos resultados das últimas eleições legislativas. O PCP não irá presidir a qualquer comissão parlamentar.