Em causa estão alegadas vistorias ilegais às casas do ministro da Economia, António Pires de Lima, e da ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, residentes no concelho de Cascais.



































Redação