Rui Moreira é presidente da Câmara Municipal do Porto desde 2013. A Autarquia é liderada há oito anos pelo independente.

Em 2021, recandidata-se com o lema “Aqui Há Porto”, com o apoio do CDS-PP, da Iniciativa Liberal, do Nós, Cidadãos!, do MAIS – Movimento de Cidadania Independente e do Partido da Terra - MPT para “continuar a preservar a essência daquilo que o Porto é”.

Em entrevista à TVI24, o autarca explicou estar tranquilo relativamente ao caso polémico em que está envolvido. “Aguardo tranquilamente pelo desfecho em tribunal”.

Aquilo que é importante em democracia é que os eleitores não votem ao engano. Em primeiro lugar queria reafirmar a minha total inocência”, começou por explicar Rui Moreira em entrevista à TVI24 quando questionado sobre o caso Selminho.

“Os eleitores do Porto sabem, e têm consciência, que a minha família nunca recebeu nenhuma indemnização, nunca irá receber. Tem consciência que a minha família tinha um terreno, que era seu, e que hoje esse terreno, fruto do que aconteceu no meu mandato, passou a ser da câmara do Porto sem qualquer pagamento”, prosseguiu.

Sondagens e maioria absoluta

Relativamente à sondagem que lhe aponta a vantagem, Rui Moreira desvalorizou a sondagem: "Tenho adversários capazes, aguerridos."

Não escondo que para nós é mais fácil, e a meu ver é melhor para a cidade, se tivermos uma maioria na Assembleia municipal, porque conseguimos resolver problemas mais depressa", avançou o atual presidente da câmara do Porto quando questionado com a possibilidade de não obter uma maioria absoluta nas eleições autárquicas. 

Habitação 

Aquilo que o Porto tem neste momento são três grandes projetos a decorrer: um a ocidente, em Lordelo do Ouro, a outra no centro, no quartel Monte Pedral, que recuperámos do estado, e também no Monte da Bela, em Campanhã. Nesses três, pretendemos construir cerca de mil casas para renda acessível", explicou Moreira sobre os projetos em cima da mesa relativamente à habitação.

Objetivos futuros

O que teremos vindo a fazer é reabilitar a cidade, mas o objetivo em si é claro: o que pretendemos é criar boas condições de vida para os portuenses. Cuidar dos mais velhos, fazer da cidade uma cidade mais atraente. Não me peça um projeto, o meu projeto são sempre as pessoas", disse Rui Moreira quando questionado sobre quais os seus principais objetivos à recandidatura à autarquia.

"Ter água barata e de qualidade, transportes gratuitos às pessoas até aos 18 anos, oferecer serviços aos mais velhos. Estes são de facto os nossos objetivos", rematou.