O presidente do Partido Popular Europeu (PPE) defendeu, esta quinta-feira, em Bruxelas, que Durão Barroso «é de longe o melhor candidato» à presidência da Comissão Europeia, afirmando-se convicto de que a sua recondução tem o apoio de outras famílias políticas.

Wilfried Martens falava após uma reunião do PPE, na qual os líderes desta família política decidiram, por unanimidade, apresentar a candidatura do antigo primeiro-ministro português a um segundo mandato à frente do executivo comunitário.

O presidente do partido comentou que, num cenário de nova vitória do PPE nas eleições europeias de Junho, o cargo de presidente da Comissão Europeia deve continuar a pertencer a esta família política, encarando como lógica a continuidade de José Manuel Durão Barroso, «tendo em conta o seu (primeiro) mandato bem sucedido» e a sua «vasta experiência política a nível interno».

Martens comentou ainda que Durão Barroso tem um «vasto apoio» entre todas as principais famílias políticas europeias.

Durão Barroso, que é presidente da Comissão desde Novembro de 2004, já recebeu o apoio público de chefes de governo de outras famílias políticas europeias como os primeiros-ministros de Portugal (socialista), Espanha (socialista), Reino Unido (trabalhista) e Finlândia (liberal).
Redação / CP