A candidata Ana Gomes votou esta tarde em Cascais e disse que a democracia sairá "reforçada" com estas eleições.

Quem está aqui a votar sabe bem que o exercício do voto é importante. Estas eleições são importantes para o reforço da democracia. Quanto mais cidadãos vierem votar, mais reforçada ela sai”, disse a candidata.

Ana Gomes diz que, depois de ter aproveitado para descansar, vai agora ao encontro do grupo de campanha.

Nem todos vão estar pessoalmente, com algumas pessoa será eletronicamente”.

Sobre a campanha, Ana Gomes destacou que teve "muito gosto" em fazê-la.

Foi muito bom ouvir por todo o país gente que não baixa os braços, acredita no país e encontra soluções quando tudo parece bloqueado”, concluiu.

Portugal elege hoje o 20.º Presidente da República e o sexto em democracia. Para o sufrágio estão inscritos 10.865.010 eleitores, mais 1.208.536 do que nas eleições presidenciais de 2016.

Os sete candidatos aparecem no boletim de voto pela seguinte ordem: Marisa Matias (apoiada pelo Bloco de Esquerda), Marcelo Rebelo de Sousa (PSD e CDS/PP), Tiago Mayan Gonçalves (Iniciativa Liberal), André Ventura (Chega), Vitorino Silva, mais conhecido por Tino de Rans, João Ferreira (PCP e PEV) e a militante do PS Ana Gomes (PAN e Livre).

Lara Ferin