Se as eleições fossem hoje, Marcelo Rebelo de Sousa continuaria a ganhar à primeira volta, uma vez que tem 66,5% das intenções de voto, mas com a redução de 1,5 pontos percentuais em relação à última sondagem da Pitagórica para a TVI e o Observador, em que tinha 68%.

Ana Gomes regista um aumento e está agora nos 13% de intenções de voto (tinha 10,9% na última sondagem). É a segunda classificada e aumentou a distância para André Ventura, que passou de 10,7% das intenções de voto para agora ter 10,6%.

Marisa Matias e João Ferreira estão a descer ligeiramente. A candidata apoiada pelo Bloco de Esquerda passou de 5,1% para 4,5% e o candidato apoiado pelo PCP desceu dos 3,5% das intenções de voto para os 2,8%.

Já Tiago Mayan subiu sete pontos percentuais: tinha 1% das intenções de voto e tem agora 1,7%.

Vitorino Silva, o sétimo candidato oficialmente confirmado pelo Tribunal Constitucional, fica em último lugar, com 0,8% das intenções de voto.

Para esta sondagem, o trabalho de campo decorreu entre os dias 17 a 27 de dezembro de 2020, com 629 entrevistas telefónicas, que, para um grau de confiança de 95,5%, corresponde a uma margem de erro máxima de ±4,0%.

Os elogios dos inquiridos a Marcelo

A sondagem mostra que Marcelo Rebelo de Sousa é o candidato em que os portugueses mais confiam e a quem atribuem vários elogios.

Por exemplo, 69% dos inquiridos consideram-no o mais inteligente dos candidatos à Presidência da República, seguido de André Ventura (10%) e Ana Gomes (4%).

Também 64% diz que Marcelo é o mais competente, seguido de Ana Gomes (9%) e André Ventura e Marisa Matias, ambos com 4%.

A diferença é maior na altura de escolher o candidato mais bem preparado: Marcelo destaca-se com 78%, Ana Gomes é a escolhida para 5% dos inquiridos e André Ventura para 4%.

A que candidato pediria para guardar um boletim do Euromilhões premiado?

Quase metade dos inquiridos nesta sondagem respondeu a esta pergunta com a opção "Nenhum" (48%). Marcelo foi a opção para 35% e Ana Gomes para 5%.

À pergunta "A quem entregaria a gestão das suas poupanças", 43% dos inquiridos responderam "Nenhum". Marcelo era a escolha para 35% e Ana Gomes para 7%.

Qual o candidato mais divertido?

A maioria (55%) respondeu Marcelo Rebelo de Sousa, mas Vitorino Silva destaca-se no segundo lugar (16%). Segue-se André Ventura, que foi a opção para 10% dos inquiridos.

Quem convidaria para beber um copo?

46% respondeu Marcelo Rebelo de Sousa, 13% André Ventura, 9% Marisa Matias, 7% Ana Gomes, 4% Vitorino Silva e 2% João Ferreira.

A Ficha técnica completa desta sondagem, bem como todos os resultados, foram disponibilizados junto da Entidade Reguladora da Comunicação Social, que os disponibilizará oportunamente para consulta online.

António Assis Teixeira