"Estamos num daqueles períodos de surpresa. Em bom rigor desde 2008, início da crise económica, que praticamente tudo aquilo que se poderia considerar estabelecido está a ser posto em causa", vincou Pacheco Pereira, que falava em Lisboa num fórum de ideias promovido pela candidatura presidencial de Marisa Matias, apoiada pelo Bloco de Esquerda (BE).


"Iludimo-nos se pensarmos que Marcelo Rebelo de Sousa é o candidato ideal que o PSD ou a coligação gostariam de ter", realçou, sustentando que também o PS "abandonou" a corrida presidencial "preso nas suas contradições internas".