mas continuo muito determinado em falar com os portugueses, conhecer as preocupações daqueles que têm dificuldades e estimular os que têm sucesso»







visita que hoje efectuou ao Banco Alimentar Contra a Fome de Braga

em breve, lançará uns textos sobre o assunto, mas não adiantou detalhes sobre a forma e o momento em que serão publicados.



«um apelo à consciência social dos portugueses, para que seja possível enfrentar a pobreza, derivada do desemprego, do endividamento excessivo e do enfraquecimento familiar»

criação de um Observatório Regional sobre o emprego e a economia



«estímulo aos empresários para que se abram ao diálogo com os trabalhadores e os sindicatos para evitar o encerramento de empresas».



«O mais preocupante é que haja empresas em grande dificuldade que trabalham para exportação»

«casos de pessoas que não descontaram para a Segurança Social, e que, por isso, não recebem subsídio de desemprego, e de surgimento de novos pobres, ou de pobreza envergonhada».