Promover um parque público de habitação para arrendamento a preço acessível é uma das prioridades assumidas pelo primeiro-ministro no debate do Estado da Nação, que se realiza esta tarde, na Assembleia da República.

Por um lado, Costa quer promover "um parque público de habitação para arrendamento a custos acessíveis". Esta será uma resposta essencial às necessidades das classes médias, em especial os mais jovens-

Por outro, quer assegurar "habitação condigna aos milhares de famílias que as Estratégias Locais de Habitação têm identificado como vivendo em condições de carência".

Nesse sentido, revela que já há acordos de colaboração assinados com 71 municípios e são cerca de 180 os municípios com estratégias em preparação.

Com financiamento de 100% a fundo perdido, com a mobilização do património público devoluto e com este trabalho de parceria com os Municípios podemos ter confiança que cumpriremos a meta do realojamento de 26.000 famílias até 25 de Abril de 2024."

Maria João Caetano