António Costa aconselhou hoje os camaradas do partido a «porem os olhos» em José Sócrates, nas palavras do presidente da Câmara de Lisboa um exemplo de combatividade, determinação, coragem e inconformismo. O número dois do PS louva aqueles, como o primeiro-ministro, para quem as «derrotas nunca são antecipadas».

«Todo o partido, toda a JS, todos aqueles que exercem cargos políticos aos mais diversos níveis e devemos por os olhos no exemplo de combatividade, de determinação, de coragem, de inconformismo perante a dificuldade que o nosso secretário geral tem dado e que deve ser um exemplo para todos nós», disse António Costa, no encerramento do Congresso da JS, em Lisboa.

Para o autarca socialista, o PS não se pode esquecer que as diferenças entre esquerda e direita «são coisas de ontem, de hoje e de sempre» e que para isso «é fundamental uma mobilização acrescida de todos». Porque «os valores não se negoceiam, nem se desiste de defender os valores em nome da maior popularidade», acrescentou.

«É o exemplo daqueles que sabem que as derrotas nunca são antecipadas, mas que o nosso dever pode não ser ganhar, mas é seguramente lutar para ganhar, em defesa dos nossos valores», concluiu António Costa.