«Se há uma coisa que não preocupa o PSD é precisamente a credibilidade do primeiro-ministro. Bem pelo contrário. Aquilo que o primeiro-ministro tem feito ao longo destes anos e a forma como tem conduzido a sua atuação é a prova mais evidente de que se há político credível em Portugal é o primeiro-ministro. Essa é uma mais valia que leva para as eleições».