Paulo Rangel assume-se cada vez mais como o principal rival de Rui Rio à liderança do PSD. A TVI sabe que Luís Montenegro e Miguel Relvas vão apoiar a candidatura do eurodeputado.

O ex-líder parlamentar, Montenegro, que chegou a disputar as eleições diretas do partido contra Rui Rio e perdeu à segunda volta, não irá avançar novamente e vai optar por apoiar Rangel.

Já o ex-ministro do governo de Passos Coelho, Miguel Relvas, revelou no programa Lei da Bolha que o eurodeputado social-democrata é o candidato "com melhores condições" para fazer frente a Rio.

Aquele que pode ser uma alternativa é Paulo Rangel", refere Miguel Relvas.

 

Miguel Relvas lembrou ainda que o PSD perdeu todas as eleições desde que Rui Rio é presidente do partido.

O PSD perdeu todas as eleições desde que Rio assumiu a liderança", disse o ex-ministro.

 

As vitórias em Lisboa, Coimbra, Funchal ou Portalegre, nas eleições autárquicas, reforçaram a confiança de Rui Rio. Contudo, o atual presidente do partido ainda não esclareceu se vai mesmo avançar com uma recandidatura.

É inequívoco, que estamos em muito melhores condições de ganhar as eleições de 2023”, reiterou Rui Rio.

Ainda assim, a lista de candidatos à liderança do PSD poderá ser mais vasta, Jorge Moreira da Silva é outro dos nomes que se começa a perfilar para a corrida.