O presidente do PSD, Rui Rio, anunciou hoje que terá dois novos vice-presidentes, o deputado André Coelho Lima, que já era vogal da Comissão Política, e a deputada e ex-autarca de Rio Maior Isaura Morais.

Deixam o cargo de vice-presidentes Elina Fraga e o presidente da Comissão Política Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro.

Mantêm-se como vice-presidentes David Justino, Isabel Meireles, Nuno Morais Sarmento e Salvador Malheiro.

José Silvano mantém-se no cargo de secretário-geral e o porta-voz para as Finanças Públicas, Joaquim Sarmento, sobe a vogal da Comissão Política Nacional (CPN).

O anúncio das listas foi feito pelo próprio presidente do PSD no púlpito do 38.º Congresso do PSD e Rio admitiu que esta era uma tarefa “que é impossível correr bem”.

“É uma tarefa que tem tudo para correr mal, acho que vai só correr um bocadinho de nada mal”, ironizou, agradecendo a todos os que tremiam funções e dizendo que “aqueles que hoje saem amanhã podem entrar outra vez”.

Rio manteve o mesmo número de ‘vices’, seis, e o mesmo equilíbrio entre géneros: quatro homens e duas mulheres.

Já vogais da CPN passam dos atuais nove (Rui Rocha foi eleito no último congresso, mas demitiu-se no ano passado) para dez e seis são novidades, entre as quais Joaquim Sarmento e a ex-deputada Fátima Ramos.

O presidente do grupo parlamentar do PSD/Açores, Luís Maurício, os ex-candidatos às europeias Ricardo Morgado (12.º lugar) e Paula Calado (18.ª posição) e a ex-deputada Paula Cardoso completam o leque de novos vogais.

Mantêm-se na CPN António Carvalho Martins, Maló de Abreu, António Topa e Manuel Teixeira.

Deixam a direção do partido, além dos dois vice-presidentes, os até agora vogais Cláudia André, João Cunha e Silva, Graça Carvalho e Ofélia Ramos.

Dos dez vogais, 30% são mulheres, idêntica percentagem à lista anterior.

Negrão encabeça lista de Rio à Jurisdição e Rangel ao Conselho Nacional

Rui Rio anunciou ainda que o ex-líder parlamentar Fernando Negrão encabeçará a sua lista ao Conselho de Jurisdição Nacional e Paulo Rangel ao Conselho Nacional.

Para o Conselho Nacional, depois de Paulo Rangel e Arlindo Cunha, a lista de Rio inclui o deputado municipal por Lisboa António Proa, o vice-presidente da Câmara Municipal da Maia Paulo Ramalho e o presidente da concelhia de Aveiro Vítor Martins.

Na Mesa do Congresso, Mota Pinto terá como vice-presidentes o líder do PSD-Açores José Manuel Bolieiro e a presidente da Assembleia Municipal da Trofa Isabel Cruz, tendo como vogais Eduardo Teixeira, Álvaro Madureira, Isabel Matos e Nelson Fernandes.

Para a Jurisdição, Rio propõe, além de Negrão, o histórico militante Pedro Roseta, bem como Paula Reis, João Dias Coelho e Nuno Correia.

A eleição dos órgãos nacionais do PSD decorre no domingo, entre as 09:00 e as 11:00.

/ (Atualização às 20:02) ALM com Lusa